*Estudo para células referente aos dias 17/10 a 23/10

 

Texto: Lucas 5.1-11

Dinâmica – Objetivo: Gerar unidade e relacionamento;

 Material: Um rolo de barbante;

Desenvolvimento: Coloque os discípulos organizados em círculo (sentados ou em pé); O primeiro participante deve segurar a ponta do barbante e jogar o rolo pra outra pessoa dizendo o porquê da sua escolha; Antes, o líder deve direcionar alguns critérios para escolha, como: quem você mais se identifica, quem você gostaria de conhecer melhor, quem você admira, quem é dedicado na obra, etc; A pessoa escolhida deve agarrar o rolo, segurar na ponta e escolher o próximo (uma pessoa pode ser escolhida mais de uma vez). Uma grande rede será formada por causa da participação e obediência de todos.

Introdução: Aprendemos na semana passada que todo recomeço exige de nós: força e coragem. Isso porque a primavera nos reserva muitas novidades, que muitas vezes se tornam grandes desafios. Mas, nunca esqueça que Deus estará com você todos os dias da sua vida. Não temas!

O evangelho de Lucas relata uma grande pesca realizada debaixo da palavra do Messias. E é sobre isso que estudaremos essa semana.

* Lucas 5.4 -> Jesus não era pescador e provavelmente não entendia muita coisa sobre esse assunto, mas ainda assim, Simão obedeceu a sua ordem sem nem sequer hesitar. Hoje, nós somos os pescadores. Temos muitas experiências na caminhada cristã e achamos que sabemos demais de tudo. E isso, muitas vezes, nos torna céticos às ordens de Jesus. Se você deseja realizar grandes pescas, que trarão a provisão de Deus em todas as áreas da sua vida, não hesite em obedecê-Lo. Se Jesus mandou, faça! Não permita que seus conhecimentos o façam parar e refletir sobre a ordem dele. Lembre-se que Ele escolheu as coisas loucas desse mundo para confundir as sábias (I Coríntios 1.27).

* Lucas 5.6-7 -> Não há como realizar uma grande pesca sozinho. Todo o processo é muito trabalhoso e toda ajuda sempre é bem vinda. Ao perceber a grande pesca que tinha feito debaixo da palavra do mestre, a primeira coisa que Simão faz é chamar seus amigos que estavam na praia. Jesus está nos desafiando a lançar as redes sob a palavra dele. Mas esse processo é trabalhoso e precisamos estar juntos, no mesmo propósito. Não há mais tempo para julgamentos, discussões, invejas, orgulho ou mágoa. Precisamos entender que estamos no mesmo barco e que nossos irmãos são nossos companheiros nessa grande pesca. Há um ditado que diz que sozinho podemos até ir mais rápido, mas acompanhados vamos mais longe.

Conclusão: Você pode ter muitos anos na caminhada cristã e talvez já tenha realizado muitas pescas. Isso te trouxe provavelmente muita experiência. Mas no Reino de Deus, nós vivemos pela fé. Abra mão de todos os seus saberes, das suas frustrações e dos seus receios e ouse lançar suas redes debaixo da palavra do seu mestre. Não abra mão da unidade! Deus lhe dará grandes pescas ainda esse ano! Lembre-se que todo recomeço nos leva a fazer o que nunca fizemos antes. É isso que o tornará especial e inesquecível!

 

 

Raquel de Cerqueira

14/10/2016

Deixe um comentário