Ministério de Teatro

Desde a adolescência, eu tive contato com as artes cênicas. Era matéria obrigatória em minha escola no Rio de Janeiro. Eu nunca fui boa em redação, mas quando se falava em teatro, eu multiplicava as idéias.

No início (1996), éramos um grupo pequeno de oito pessoas sem nenhuma experiência profissional ou mesmo artístico, mas com muita empolgação para servir o Reino. Recebemos de um irmão da Comunidade de Madureira (RJ) dicas importantes para quem ingressava no mundo teatral que até hoje são pérolas para nós.

Como todo ministério, enfrentamos bons e maus momentos, aplausos e falhas em cena, mas aprendemos que somos instrumentos disponíveis nas mãos do Pai, para os Seus propósitos. Não somos atores, mas servos. Ver pessoas sendo resgatadas por Deus através de nossas peças não tem preço!

2012 finalmente deu um guinada em nossas vidas e o Senhor nos deu um nome definitivo: “Baruc (Bendito)”. Isso fez toda diferença. Ah, sem tirar o mérito exclusivo do Senhor…

Nossas peças são geradas de maneira sobrenatural, pois só consigo escrevê-las quando vem a direção ou o propósito para isso. 2013 também foi um ano muito bom para o Ministério Baruc… Creio que em 2014 aprenderemos ainda mais!

 

Shalon Adonai, Cláudia Basso.